Não Perca as Oportunidades...

... ou Porque uma Identidade Visual Ruim te Prejudica e a Seus Negócios.

Já ouvi muito – e eu repito muito também – que “oportunidades são cavalos brancos selados na porta da sua casa, prontos para ação. Não os deixe passar!” Pense bem: quantas vezes você já presenciou, metaforicamente, essa cena? Raríssimas vezes, certo? Alguns apenas uma ou duas vezes em toda a vida, talvez? Enfim! Montar neste cavalo, ou deixá-lo passar é uma questão de escolha. Pode ser que naquele momento não seja a melhor hora, ou que você não se sinta preparado. Faz sentido! No entanto, quantos cavalos passarão em sua porta?
Não é minha intenção discutir o profundo sentido filosófico desse ditado popular. Meu objetivo aqui é puramente abrir seus olhos para a importância do design de marcas para empresas em geral (e se você não entendeu isso ainda, o que você está fazendo? :D)
Assim como “se vestir mal custa caro” (frase de um famoso consultor especialista em moda masculina que eu tive o prazer de conhecer em um evento), ter um mal design de marca também. Outra metáfora (que também não é minha): o design é como a porta de entrada de qualquer empresa. Você entraria em uma porta suja, caindo aos pedaços em um canto escuro de uma cidade qualquer? Ou entraria em portas amplas, bonitas, que dessem uma ideia do que esperar lá dentro? Nesse caso, a capa diz muito sobre o livro. O julgamento será seu à medida que a experiência com aquela empresa avançar.

Um mal design é devastador para as empresas.
Uma marca que não condiga com o que a empresa preza, faz e entrega não atrai olhares e não gera valor. E isso vai de tudo: do nome às cores, da tipografia (fontes usadas) às formas do símbolo, do início ao fim do processo. Se sua empresa tem uma identidade visual que não te representa e que não conversa adequadamente com seu público, meu caro, sinto dizer, mas você está fadado a não ser maior do que pretende. A força desse símbolo mal feito te coloca pra baixo... em todos os sentidos.
Símbolos são usados como representações desde que o homem estava ainda nas cavernas. A força dos símbolos está em todos os lugares. E essa força é o que faz as pessoas prestarem atenção naqueles que o carregam, seja você um profissional liberal, microempreendedor individual ou uma multinacional. Você representa o símbolo e ele te representa. É, e tem que ser obrigatoriamente, uma via de mão dupla. Não se engane!
Portanto, como você age na presença de um símbolo ruim, ou que passa uma mensagem ruim? Você não confia e o abandona. Simples assim! Com seus clientes é a mesma coisa. Não tendo um símbolo que inspire confiança, eles abandonam ou não se interessam.
Investir em bom design de marcas, com um bom designer especialista, pode gerar essa confiança. Já digo que: Se você for um mal profissional, não haverá design, designer, símbolo, milagre ou magia que te ajude. Mas, se você for um bom a excelente profissional que preza pelo seu nome e profissão, honra seus momentos de estudo e meditação sobre o que faz, dedica-se e se esforça para agradar seus clientes e gera bons resultados, uma marca que o represente bem agregará mais valor, motivando a confiança de clientes, semeando mais indicações ou visitações, frutificando mais resultados positivos.

Não se engane! Fórmula mágica não existe (para nada)!
Posso estar chovendo no molhado aqui, mas não existe fórmula mágica! Dedicação, esforço, trabalho, empenho e resultados são melhor vistas e apreciadas com um bom design. Sem dúvida! Preste atenção nisso daqui pra frente! 2020 é um ano novinho para transformações e melhorias. Aproveite a oportunidade.
Desejo de coração que neste ano você cumpra todas as suas metas e conquiste seus objetivos, sejam eles quais forem.

Forte abraço!

Leia mais artigos!

Volte ao início